Quando a Pornografia Prejudica a Sua Relação

Sexta-feira, 14 Março 2014 12:36

relacoes 2

O hábito “inocente” de visualizar pornografia pode prejudicar um relacionamento.

Muitas pessoas pensam que a pornografia não tem efeitos de doença, no entanto uma investigação provou que a pornografia pode mudar atitudes e encorajar um comportamento que prejudique indivíduos e famílias. Por ser muitas vezes visualizado em segredo, dá uma sensação de traição no casamento, levando muitas vezes ao divórcio. Mais, a pornografia promove o fascínio pelo adultério, prostituição e expectativas irrealistas que levam a comportamentos promíscuos perigosos.

Onde Está o Amor?

Há quem defenda que se não ficamos excitados pelo nosso(a) companheiro(a) não há problema em fantasiar com outra pessoa enquanto se está a ter relações sexuais ou a visualizar pornografia. Apesar de ajudar superficialmente, os riscos são perigosos. Haverá relações sexuais, mas não o amor, sendo este o barómetro ideal para compreender a saúde da relação.

Virar-se para a pornografia procurando excitação quando há a intimidade física é um sinal de imaturidade sexual. Não viva na negação de que é pura “diversão”.

Fator Estimulante

Há quem veja pornografia como forma de estimulação.

O Lado Mau

A pornografia é uma classe especial de “viciados em relações sexuais” que se distingue de promiscuidade, masturbação compulsiva, relações sexuais anónimas, fetishes, voyeurismo… pode ser melhor descrito como uma relação obsessiva com fantasia. Para muitos a pornografia só piora o seu comportamento sexualmente dependente.

Tal como outro vício, a pornografia, transforma-se no “arranjo” do consumidor. O consumidor fica tao entranhado que acaba por destruir uma relação boa e perfeita ao gastar horas a ver pornografia ou a gastar dinheiro nela.

Os Estádios do Vício em Pornografia

São quatro os estádios de progressão no vício da pornografia…

- Vício – efeito afrodisíaco, seguido de libertação sexual.

- Intensificação – com o tempo o vício torna-se mais explícito, necessitado de necessidades em concreto.

- Dessensibilização – o que inicialmente era grotesco, chocante e perturbante, passa a ser mais comum e aceitável.

- Agir Sexualmente – o comportamento passa a ser mais ligado à pornografia.

Como Começa o Vício da Pornografia?

Alguns terapeutas afirmam que a pornografia é só uma desculpa para justificar a falta de controlo ou dificuldade em aceitar normas.

Outros dizem que é um “comportamento compulsivo” que teve início na infância e pode afetar tanto homens como mulheres.


RELACIONADOS
Partilhar
 
PUB
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária

QUERO RECEBER NOVIDADES

Popup